| em 07 julho 2009

O significa ser um pai cristão?

Pai é receber de Deus a benção de ter um filho.

É viver sob a perspectiva de um Deus soberano, para passar ao filho caminhos de sabedoria e obediência, treinando-o para toda a boa obra. Ser pai é sentir-se completo, ao segurar hoje nos braços um ser frágil e pequenino e amanhã entregar à sociedade uma vida forte, em todos os aspectos.
Pai cristão é aquele que, se o filho já não caminha ao seu lado, sabe que ele vem atrás, seguindo as suas pisadas, e por isso, tem cuidado por onde se conduz.

Pai cristão não tem o filho como uma eterna criança, mas consegue sentir seu desenvolvimento em todas as áreas; não o sufoca em exagero de carinhos e atenções, mas também não permite que lhe falte esta porção tão necessária.

Pai cristão não exige do filho mais do que ele possa dar, transmitir ou exercer.

Pai cristão, mesmo batalhando o sustento do lar, reconhece a necessidade de companhia ao filho, numa constante entrega.

Pai cristão não lança sobre o filho a cumplicidade de suas frustrações, nem deseja que que o filho o veja como um herói.

Pai cristão sabe discernir cada ansiedade do filho, usando-a para um treinamento sadio em cada faixa etária.

Pai cristão percebe que o tempo voa, e se esforça, e se esmera em passar para o filho exemplos de dinamismo, valor próprio e equilíbrio.

Pai cristão, apesar dos problemas, sabe aproveitar o terreno das experiências, plantando amor, cultivando com paciência, para junto com o filho colher alegria e paz.

Autor: Pr. Andre Bruno

Fonte: melodia e padom.com

http://portal.padom.com



Arquivado em | , .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):