| em 22 fevereiro 2010

Incentive seu bebê a desenhar

A partir dos 5 meses seu bebê pode se divertir com pincéis, lápis e giz. Palavra de especialista. "Nessa idade, ele já estende o braço para agarrar objetos e, aos poucos, pode ser estimulado a pintar e rabiscar", explica a educadora e artista plástica dinamarquesa Anna Marie Holm, em entrevista ao site do seu bebê. A especialista - que esteve recentemente no Brasil para lançar o livro Baby-Art: Os Primeiros Passos com Arte - lembra que, num primeiro reflexo, o pequeno pode levar a novidade à boca. Não se preocupe. "Faz parte da experimentação", explica. Mas, claro, tome cuidado.

Com o tempo as mãos curiosas do artista mirim vão arriscar outros movimentos, amassando o papel, pintando o rosto, as roupas, os cabelos... Mas calma lá! Nada de querer impor limites à brincadeira e acabar com a bagunça. "A proposta é não interferir, deixando o bebê livre para se expressar e explorar as possibilidades do ambiente", sugere Anna Marie. Assim, se o resultado for uma baita confusão de cores, papel picado e seu filho terminar coberto de tinta, palmas para ele! Segundo Anna Marie, é dessa maneira que o bebê se diverte e, ao mesmo tempo, aperfeiçoa seus sentidos e sua criatividade.

Quer experimentar? Então veja algumas dicas e brincadeiras de Anna Marie para estimular a criatividade de quem ainda não completou 1 ano.

Dicas

A escolha do material

Para evitar alergias e intoxicações, ofereça apenas tintas, lápis e giz atóxicos. Antes de comprar, verifique se esses materiais são indicados para a faixa etária do seu filho.

Brincadeiras

Meias musicais

Improvise um varal bem próximo ao chão e pendure algumas meias velhas, colocando um sino ou guizo dentro de cada uma. Enquanto pinta os pares, com pincel e tinta, o bebê vai se divertir ouvindo os sons. Roupas coloridas

Uma camiseta usada pode servir de tela para o pequeno artista. Agora, ele pode as mãos para colorir a peça - ou até mesmo um pincel ou uma escova velha. Lembre-se: ele é quem decide. E não se assuste se, de uma hora para outra, passar a colorir o corpo e a própria roupa que está usando. Faz parte da brincadeira.

Fonte: Bebê.com



Arquivado em | .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):