| em 19 fevereiro 2010

Saia do Sedentarismo


Dores nas costas e tensão muscular são queixas comuns nos dias de hoje para quem leva uma vida cada vez mais sedentária em jornadas extensas de trabalho. Entre outros problemas, também estão no ranking: enrijecimento articular, problemas de má circulação, lesões por esforço repetitivo.

Quem trabalha sentado por muito tempo ou fica diante de um computador ou mesmo em pé imóvel durante horas seguidas, certamente terá algum mal-estar no fim do dia. De acordo com os profissionais da fisioterapia, os músculos do corpo recebem durante todo o dia grandes doses de tensão. Os mais sobrecarregados, porém, são os dos ombros e pescoço, sem contar a região lombar e os quadris.

Os médicos são unânimes em dizer que dormir bem é uma das melhores soluções para aliviar esse desconforto, mas alertam que nem sempre é o suficiente.

Segundo a fisioterapeuta Patrícia Gomes, o alongamento se concentra em exercícios direcionados para aumentar a flexibilidade muscular. É essa flexibilidade que promoverá o estiramento das fibras musculares, fazendo com que elas aumentem seu comprimento. "A flexibilidade é uma das primeiras coisas que se observam como conseqüência do alongamento. A movimentação de uma articulação irá aumentando conforme o alongamento", explica.

De acordo com a fisioterapeuta, o alongamento é muito importante para qualquer faixa etária, pois, além de prevenir lesões, proporciona maior elasticidade e agilidade em todo o corpo. "Os músculos precisam do alongamento antes da prática de aquecimento e relaxamento. Ele é indispensável antes dos exercícios físicos, podendo também ser praticado individualmente", esclarece.

A fisioterapeuta acrescenta que a respiração é um dos detalhes mais importantes em uma série de alongamentos, pois aumenta o relaxamento muscular. "A respiração deve ser sempre lenta e profunda, respeitando o limite de cada pessoa", orienta.

Segundo a especialista, através do alongamento obtém-se um resultado relaxante porque aumenta-se a temperatura da musculatura, produzindo pequenas distensões na camada de tecido conjuntivo que reveste os músculos.

A fisioterapeuta cita uma relação dos benefícios proporcionados pelo alongamento adequado:

Facilita a respiração;
Ajuda na circulação sangüínea;
Deixa os movimentos soltos e mais leves;
Diminui tensões musculares;
Relaxa o corpo;
Previne lesões;
Prepara o corpo para a atividade física;
Ativa a circulação.
O perigo do sedentarismo

Um alerta para o combate ao sedentarismo dos dias de hoje também é feito pela fisioterapeuta. "O sedentarismo promove o encurtamento das fibras musculares, diminuindo a flexibilidade. Esse encurtamento de fibras é a maior causa para o desenvolvimento de problemas no músculo e nos ossos", explica.

A atividade pode ser feita a qualquer hora, avisa a profissional. "Pela manhã, ao despertar, em viagens longas, no trabalho, enfim, em qualquer lugar pode-se fazer um alongamento", orienta. "O ideal é iniciar a atividade até sentir uma pequena tensão no músculo. Nesse ponto, relaxe um pouco, sustentando de 30 a 40 segundos e voltando à posição inicial de relaxamento", finaliza.

A fisioterapeuta aconselha ainda que se combine o alongamento com uma caminhada ou qualquer outra atividade aeróbica.

Fonte: Agência Unipress Internacional
Via: Guia-me



Arquivado em | .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):