| em 20 fevereiro 2010

Tímida ou descontraída?


Você se encaixa numa destas classificações? Cuidado! Tais traços em exagero podem atrapalhar sua vida. Descubra como resolver isso

Timidez leve - Muitas pessoas tem algum grau de timidez em determinadas situações, como falar em público, por exemplo. Se isso não atrapalha suas vontades, não é algo ruim.

Timidez exagerada - "A pessoa se sente insegura e deixa de lado seus desejos em função da timidez", diz a psicóloga Denise Mascarenhas. Ou seja: é um empecilho à realização pessoal!

Fobia social - A mais grave delas. "É quando se tem medo persistente de contatos sociais ou de atuações em público, por temer situações embaraçosas", diz a psicóloga Carmen Cerqueira Cesar. Requer tratamento com sessões de terapia e medicação.

A origem da timidez

A timidez prejudicial pode ter origem familiar. Pessoas que tiveram uma educação rigorosa e pais severos tendem a desenvolver comportamento mais rígidos. "Sua autoestima pode não ser boa por conta desses padrões quase inalcançáveis. Suas vidas serão guiadas por normas e se darão pouco espaço para viver suas emoções e se expressar", explica Carmen.

Como resolver a timidez

Se não tem grana para pagar um psicólogo, veja essas dicas da psicóloga Denise Mascarenhas:

- Acredite mais em seus pontos fortes e procure valorizá-los.

- Enfrente o medo de aparecer todo dia. Não fuja das situações de exposição que a vida oferece.

- "Ser criticado é menos doloroso que ser inexpressivo. Expressar é permitir que a vida flua em nós", assinala Denise.

O que é ser sem noção

Uma pessoa que fala alto em lugares públicos, gosta de chamar mais atenção do que a aniversariante na festa e não pensa duas vezes antes de falar mal daquele sapato que você está usando... Conhece alguém assim? É a sem noção! Não se trata de alguém desinibido - o que falta a essa pessoa são limites para perceber as diferenças entre ela mesma e o outro. "Se o tímido recebeu excesso de normas, para quem é solto demais faltam critérios de certo e errado, do que se deve ou do que não se deve fazer", diz Carmen.

A origem do problema das pessoas sem noção

É provável que na infância esta pessoa não tenha tido uma pessoa que lhe impusesse certos limites. "Uma criança deve ser submissa aos pais, pois, dessa maneira, ela entenderá que dentro de casa, o papel que ela deve desempenhar é o de filha", diz a psicóloga Mariana Chalfon. A criança rebelde provavelmente desenvolverá uma dificuldade de adaptação ao meio externo.

Como resolver a descontração em excesso

A sem noção não faz ideia de que seu comportamento é inadequado. "Ela está tão voltada às suas necessidades que não percebe o que está em volta", diz Carmen. Se for amiga de alguém assim, alerte com sutileza. Se sente que você pode ser assim, pergunte a amigos próximos. Terapia ajuda, mas para ir ao um psicólogo é necessário que a pessoa assuma o problema.

Introvertido x tímido

Aprenda a não confundir esses traços de personalidade tão parecidos

"O tímido tem dificuldade em se relacionar e conversar com as demais pessoas porque tem medo. Já o introvertido costuma desempenhar as atividades de forma solitária por vontade própria", diz Carmen. Ele interpreta o mundo à sua volta a partir de seu universo interno. Os introvertidos preferem a solidão para raciocinar. Os tímidos até gostam de participar de eventos sociais, mas falta-lhes confiança para isso.


Por Thaís Harari | Mdemulher



Arquivado em | , , .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):