| em 12 abril 2010

Para que serve a menstruação?

Antes de responder, é bom saber, que a mestruação é um sinal de saúde para a mulher. No entanto, falar desse assunto, normalmente gera constrangimento, pricipalmente se tiver algum homem participando do assunto. Menstruar é um fenômeno natural e saudável, assim como, ter fome, sede, vontade de urinar, evacuar, sono.

Por que falar sobre isso é constrangedor? Porque envolve a sexualidade! Ao longo da nossa história, aprendemos que não se deve falar sobre questões relacionadas a sexo. Que bobagem, não é? Vamos mudar essa mentalidade. Temos que falar sobre sexo sim, e de modo natural e expontâneo!

Olha como a natureza é maravilhosa. Se a mulher engravida, ela não menstrua, pois esse sangue é necessário no processo de desenvolvimento do bebê. Se não está grávida, o organismo elimina esse sangue que não terá utilidade para o organismo.

Entenda agora, com detalhes como funciona esse ciclo:

Já na puberdade, a glândula hipófise que está no seu cérebro secreta o hormônio folículo (FSH), no qual vai estimular o crescimento dos folículos dos ovários. No sexo masculino, esse hormônio vai promover o crescimento dos espermatozóides. Uma vez por mês, esse hormônio (FSH) prepara alguns óvulos do seu ovário para começarem a amadurecer, dentro de umas bolsas cheias de um fluído que se chamam folículos. Esses folículos produzem o hormônio chamado estrogênio. Esse hormônio produzido começa a ativar o desenvolvimento de uma camada espessa do útero chamada endométrio. Se você estiver grávida, esta camada se torna uma fonte de alimento para o embrião.

Duas semanas mais tarde, a sua glândula hipófise secreta o hormônio luteinizante (LH), no qual uma de suas funções é fazer com que o óvulo mais maduro do seu ovário se desprenda do folículo. (Algumas vezes, dois ou mais óvulos se desprendem. Se ambos fertilizarem, você poderá ter mais de um bebê.)

O folículo estimulante age em conjunto com o hormônio LH e começarão a produzir os hormônios progesterona e estrogênio, ambos garantem o crescimento da camada espessa no útero que é rica em nutrientes que irá alimentar o embrião.

As fímbrias da trompa de Falópio encaminham o óvulo liberado pela trompa para dentro do útero. Se o óvulo se encontrar com o espermatozóide, ele poderá ser fertilizado. Então, ele se dirige ao útero, onde começa a desenvolvimento do embrião.

O óvulo sobrevive 24 horas no corpo da mulher, o espermatozóide pode ficar vivo até 72 horas dentro da mulher. É por isso que você pode ficar grávida, tendo relação alguns dias antes ou depois da ovulação.

Se o óvulo não é fertilizado, ele se desintegra, e a produção de estrogênio e progesterona cai. Isto provoca o descamamento dessa camada espessa do útero, que serviria de alimento para o embrião, e sai o seu corpo na forma de menstruação.

por Claudecy de Souza- Psicólogo - CRP 06/69861- Terapeuta sexual - Analista do comportamento

Fonte: Manual do Adolescente



Arquivado em | , , , .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):