| em 01 maio 2010

9 Alimentos que ajudam manter o corpo saudável

E se o seu frigorífico fosse afinal... uma farmácia?

Na verdade, se o encher com os alimentos certos pode certamente prevenir e até combater algumas doenças.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o consumo de 400 g de vegetais e fruta por dia. Adoptar uma dieta saudável é, sem dúvida, o primeiro passo para que o seu organismo seja mais resistente.

Mas para isso terá de saber escolher os ingredientes certos. Encontre pois, de seguida, nove alimentos que não podem faltar na sua dieta, dadas as suas propriedades preventivas e terapêuticas:


Abacate

É um dos poucos frutos que contém gordura monosaturada, semelhante à do azeite, essencial para baixar os níveis de mau colesterol e aliviar inflamações.

Este fruto previne igualmente problemas circulatórios e cardiovasculares e é uma fonte de antioxidantes, que regeneram a pele e expulsam as toxinas do organismo. Tenha, no entanto, em conta que metade de um abacate por pessoa é suficiente, pois em maior quantidade pode tornar-se indigesto. Deve ser comido maduro.


Alho

Tem propriedades antivirais, antibacterianas e fungicidas, o que faz com actue eficazmente contra problemas gástricos, intoxicações alimentares e até constipações. Ajuda a reduzir os níveis de colesterol, a baixar a tensão arterial e dilata os vasos sanguíneos.

A melhor forma de aproveitar todas as suas propriedades é comê-lo cru, todavia, pode ser acrescentado a quase todas as receitas ou ingerido em cápsulas.


Banana

Contrariamente ao que se possa pensar, não é hipercalórica e contém nutrientes essenciais para o bom funcionamento do nosso organismo. O potássio que é uma importante fonte de energia e um aliado de peso contra os problemas cérebro-vasculares, a fibra que elimina as toxinas e, por fim, as vitaminas do complexo B que reforçam o sistema imunitário.

Deve ser comida crua e madura, pois só assim se consegue aproveitar todas as suas propriedades e ser facilmente digerida.


Cenoura

É uma das fontes mais ricas de betacaroteno que, no corpo, se transforma em vitamina C, um antioxidante muito importante para a visão. A vitamina K facilita a coagulação do sangue e ajuda a sarar as feridas, já as fibras presentes neste legume tornam-no digestivo.

Vários estudos demonstram que a cenoura protege do cancro. O sumo de cenoura é recomendado para quem sofre de problemas de fígado.


Iogurte

Este alimento beneficia o sistema digestivo e imunológico.

Os ácidos lácticos presentes no iogurte regulam a função intestinal e ajudam a combater infecções. Favorece a absorção de gorduras e a assimilação de nutrientes, para além de ser uma importante fonte de cálcio.

Quando se tomam antibióticos deve-se comer iogurtes para manter a flora intestinal intacta, já que os primeiros destroem as bactérias prejudiciais, mas também as boas. Prefira o iogurte natural aos de sabor, que têm mais açúcar.


Limão

Tal como os outros citrinos, o limão é rico em vitamina C, que estimula o sistema imunitário e reforça o organismo, tornando-o mais resistente a qualquer tipo de infecção. Nas feridas é um desinfectante potente e também muito útil para a garganta e nariz.

O limão é um óptimo tempero e o seu sumo é uma bebida fresca ideal para os dias quentes, mas deve ser bebido rapidamente porque em contacto com o ar perde as suas propriedades benéficas.


Noz

Este fruto seco é rico em proteínas, potássio e antioxidantes, sobretudo glutatião, que ajuda a produzir linfócitos. A presença de ácido alfa-linoleico é eficaz na redução do colesterol, estimula o sistema cardiovascular, o funcionamento do cérebro e do sistema nervoso.

A vitamina E é útil para a manter a pele saudável. Comer nozes com salada ajuda a absorver os minerais dos legumes.


Tomate

Elemento importante na cozinha mediterrânica, é rico em antioxidantes, sobretudo em betacaroteno e licopeno, e em vitamina C e E, sendo, por isso, importante para o sistema cardiovascular.

A presença de licopeno ajuda a prevenir o cancro, especialmente o da próstata, como já demonstraram diversos estudos, e a atrasar o envelhecimento celular. Os tomates processados e cozinhados libertam mais licopeno do que os frescos, assim como os maduros são mais benéficos do que os verdes.


Chocolate

Sim, leu bem o chocolate! As vantagens de um quadrado, por dia, da versão negra estão cientificamente comprovadas.

Este fornece ferro, magnésio, proteínas e vitaminas do complexo B, é rico em flavenoides que ajudam a diminuir a tensão arterial e contribui para diminuir o mau colesterol.

Além disso, possui ainda teobromina, um químico que favorece a libertação de endorfina que proporciona a sensação de bem-estar e contraria o cansaço.

Texto: Rita Caetano

Fonte: mulher.sapo.pt/



Arquivado em | .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):