| em 28 agosto 2010

A Necessidade de Revelação

Somente por REVELAÇÃO divina podemos conhecer a Deus e seus mistérios

Não há outra forma de adquirir este conhecimento.
A grande confusão religiosa que encontramos atualmente no mundo, tem sido o resultado do esforço do homem ao tratar de entender os mistérios de Deus por meio dos métodos humanos. Porém somente por REVELAÇÃO divina podemos conhecer 2 com exatidão a verdade de Deus para o presente. Um bom exemplo disto, é o caso de Pedro. Enquanto os outros discípulos referiam ao Senhor as opiniões que os homens tinha acerca d’Ele.

“E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo o Filho de Deus vivo
E Jesus respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque não to revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus” (Mateus 16:16-17)

Pedro não obteve esta bem-aventurança pela capacidade intelectual ou por qualquer outro meio humano, mas por REVELAÇÃO de Deus; porque se temos de saber algo acerca de Deus, não nos pode vir pelos meios naturais. Pedro nunca teria aprendido isso num seminário ou escola, pois ninguém lhe poderia ensinar, porque a mente humana não pode entender os mistérios de Deus a menos que Ele o revele.

Sendo Pedro um homem ignorante, um rude pescador, qual foi a diferença entre ele e os grandes líderes religiosos que lhe permitiu declarar o que eles não sabiam acerca de Cristo? A diferença foi a REVELAÇÃO que Pedro recebeu de Deus.

Quando uma pessoa tem recebido em sua alma a REVELAÇÃO de Deus, se converte num crente completamente diferente dos demais; pois o verdadeiro crente não conhece as coisas de Deus por conjecturas nem por imaginação, mas por uma convicção que lhe vem de uma maneira inexplicável, a qual produz na sua vida um genuíno convencimento que lhe permite estar seguro de ter recebido a verdade de Deus.

Entendemos que os fariseus e os escribas, chamados a ensinar o povo, não souberam quem era Jesus, antes o confundiram com Belzebu, mas este homem comum, Pedro, naquele preciso momento, soube que estava na presença de Cristo, a Palavra feita carne, porque recebeu REVELAÇÃO de Deus.

Então a REVELAÇÃO não tem nada que ver com a educação nem com o nível intelectual do indivíduo, é mais bem algo que depende da eleição divina.

Ontem, a REVELAÇÃO pôs a Pedro por cima de todos aquele estudiosos e sábios; e hoje, a REVELAÇÃO coloca a todos os verdadeiros crentes, por humildes que sejam numa posição espiritual muito elevada com respeito as demais pessoas.

Quando Caim e Abel trouxeram suas ofertas a Deus, Caim trouxe do fruto da terra, e Abel trouxe um cordeirinho. Deus se agradou da oferta de Abel, “Mas não atentou à Caim e a sua oferta”. Qual foi a diferença entre estes dois seres e as suas ofertas? A mesma Bíblia responde “pela fé - REVELAÇÃO - Abel ofereceu a Deus maior sacrifício que Caim, pelo qual alcançou testemunho de que era justo...” (Hebreus 11:04)

Se pode ver claramente que Caim obrou conforme suas idéias e parecer; enquanto que Abel, por REVELAÇÃO, entendeu que sem derramamento de sangue não há remissão de pecados. O sangue do Cordeiro de Deus é o único que pode espiar o pecado. Abel havendo entendido isto, ofereceu o sacrifício simbólico do cordeirinho; e Deus aceitou esta oferta porque harmonizava com o plano divino da redenção.

Hoje também se necessita REVELAÇÃO divina para se fazer diferente dos religiosos formalistas; pois vivemos num tempo de grande confusão. Há muitas interpretações da Bíblia e diversas crenças baseadas na mesma. Sem REVELAÇÃO de Deus, ninguém poderia sair da confusão que impera neste mundo. Em meio desta confusão, como podemos saber aonde está a verdade quando cada denominação reclama possuí-la? Sabemos que é impossível que todos a tenham porque existe grandes diferenças na interpretação de uma mesma porção da Bíblia.

Jesus disse: “Eu sou... a Verdade...” Ele é o Verbo de Deus; “E aquele Verbo - PALAVRA - foi feito carne... Ele disse: “Todas as cousas me foram entregues por meu Pai: e ninguém conhece o Filho, senão o Pai; e ninguém conhece o pai, senão o Filho, e aquele a quem o Filho o quiser revelar”. (Mateus 11:27). Esta Escritura nos mostra que somente o senhor pode revelar a sua Palavra a quem Ele quer.

“Assim, pois, isto não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus, que se compadece” (Romanos 9:16).

“Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam...” (Salmos 127:1).

Também Jesus disse: “Graças te dou, ó Pai, Senhor dos céus e da terra, que ocultaste estas cousas aos sábios e entendidos e as revelastes aos pequeninos”.
Esta expressão “as revelastes aos pequeninos” não somente nos ensina como há de ser a natureza das pessoas que recebem a REVELAÇÃO de Deus; senão que também prova que naquele tempo houve REVELAÇÃO da Palavra para que pudessem conhecer os mistérios de Deus. Sendo que “Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente”, temos que crer que hoje também haverá REVELAÇÃO para que o povo de Deus possa entender com exatidão o cumprimento da palavra no presente.
Portanto, Deus, tem dado esta REVELAÇÃO para tirar o seu povo da confusão denominacional e para que saibam que a Bíblia não pode ser interpretada por um grupo em particular; senão que Deus mesmo a interpreta ao cumprir em cada era o que tem prometido por seus profetas.

Se temos que sair da confusão denominacional que impera no mundo religioso, temos que encontrar a REVELAÇÃO de Deus e o cumprimento do que a Palavra tem predito para esta era. Pois Deus está operando hoje como fez ontem, e está cumprindo as promessas contidas em sua Palavra para este tempo.

Como já temos dito, a REVELAÇÃO de Deus é a que estabelece a diferença entre um verdadeiro crente e os religiosos formalistas, pois ela liberta o crente do erro e o põe em harmonia com o plano de Deus.

A importância da REVELAÇÃO pelo Espírito a um verdadeiro crente nunca se pode enfatizar demasiado; porque a REVELAÇÃO significa para o Cristão muito mais do que a mente humana pode compreender.

Uma pessoa pode ouvir o ensinamento do pastor, ou de qualquer teólogo, acerca do plano de redenção ainda que se lhe ensinem com a maior eloqüência essa pessoa não terá a Vida Eterna até que Deus mesmo lhe revele ao seu coração que Jesus é o Cristo e que ele é purificado pelo sangue.

Satanás odeia a REVELAÇÃO porque ele sabe que o povo de Deus recebe a REVELAÇÃO VERDADEIRA DA IGREJA VERDADEIRA e o que ela é, o que ela representa, e que ela pode realizar as obras maiores, ele sabe que a Igreja é um exército invencível. O povo de Deus recebe REVELAÇÃO dos dois espíritos (o de Cristo e o do anti-cristo) dentro da estrutura da Igreja Cristã, e por meio do Espírito Santo discerne e resiste ao espírito do anti-cristo, Satanás sabe que está sem poder ante o povo de Deus. Ele está contrariado como esteve quando o Senhor Jesus Cristo o resistiu no deserto. Com REVELAÇÃO verdadeira em nossas vidas, as portas do inferno não podem prevalecer contra nós, mas nós prevaleceremos contra ela. É a REVELAÇÃO de Deus o que lhe dará a você a autoridade sobre o diabo.

Então para entender com exatidão a Palavra de Deus, se necessita da REVELAÇÃO do Espírito Santo. Um simples estudo comparativo não é suficiente para entender os mistérios de Deus; se requer o ensinamento do Espírito.

Antes, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam.

Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus.

Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus.

Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus.

As quais também falamos não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina comparando as coisas espirituais com as espirituais.

Ora o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.
Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. Porque, quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo. (I Corintios 2:9-16).

Agora, Deus tem prometido que ensinará aos seus: Está escrito nos profetas: E serão todos ensinados por Deus. Portanto todo aquele que do Pai ouviu e aprendeu vem a mim”. (S. João 6:45). Esta expressão: “Todos serão ensinados por Deus” se refere a todos os filhos; como se vê claramente na profecia donde foi tomado esta citação: “E todos os seus filhos serão discípulos do Senhor” (Isaias 54:13). Porque “O que é de Deus, ouve as palavras de Deus”; porém o que não é de Deus; pode ouvir ou crer qualquer outra coisa, menos a Palavra pura de Deus. Jesus disse: “As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem;”(S. João 10:27).
Somente as verdadeiras ovelhas de Deus podem ouvir a seguir a voz - PALAVRA – do Príncipe dos pastores; os demais podem seguir qualquer credo denominacional ou qualquer tradição religiosa; porém ao invés tropeçam na Palavra e não a podem receber.

Este tem sido o clamor do Espírito Santo em cada uma das Sete Eras da Igreja: “O que tem ouvido, ouça o que o Espírito diz às Igrejas.” Assim que nem todos podem ouvir a voz do Espírito, senão aqueles que tem ouvidos espirituais. Jesus disse: “Nem todos recebem esta palavra, senão aqueles a quem é dado” (Mateus 19:11). De modo que a voz do Espírito Santo - A MENSAGEM - que Deus tem enviado em cada uma das Sete Eras da Igreja para guiar o seu povo, tem sido o mesmo que os grupos religiosos, tem perseguido e considerado como herege e diabólico. Assim tem sucedido desde o princípio, e sempre sucederá igual. O que tem tido ouvidos espirituais, tem escutado a voz do Espírito e seguido, porém os demais a tem rejeitado e combatido.

Os ensinamentos do Senhor Jesus Cristo ofenderam e escandalizaram os religiosos do seu dia. Eles consideraram a Jesus como um falso profeta, e seus ensinamentos como heresias. Eles não queriam escutar suas palavras nem tampouco deixavam que o povo as escutasse. “E muitos deles diziam: Tem demônio, está fora de si; por que o ouvis? (S. João 10:20).

É de notar que foram os religiosos, que oravam e jejuavam continuamente, os que se ofenderam com a mensagem de Jesus.

Então, acercando-se dele os seus discípulos, disseram-lhe: Sabe que os fariseus, ouvindo estas palavras, se escandalizaram?

Ele, porém, respondendo, disse: Toda a planta, que meu Pai celestial não plantou, será arrancada.

Deixai-os: são condutores de cegos: ora se um cego guiar outro cego, ambos, cairão na cova. (Mateus 15:12 14).

Em todas as Eras, os grupos religiosos tem rejeitado a palavra, quando Deus a tem revelado, e nesta era tinha que suceder o mesmo.

Porém sempre tem sido uma minoria que tem escutado a voz de Deus e a tem obedecido.

“Não temas, ó pequeno rebanho, porque foi do agrado do Pai dar-vos o reino. (Lucas 12:32).

Os católicos Romanos dizem que a Igreja está edificada sobre Pedro. Agora, isso é verdadeiramente carnal. Como poderia Deus edificar a igreja sobre um homem tão indeciso, que negou ao Senhor Jesus e até praguejou ao fazê-lo? Deus não pode edificar sua Igreja sobre nenhum homem nascido do pecado. E não foi sobre alguma pedra ali como se Deus houvesse santificado a terra nesse lugar. E não é como dizem os Protestantes, que a igreja está edificada sobre Jesus. É SOBRE A REVELAÇÃO.
Leia-o como está escrito.

“Não to revelou a carne e nem o sangue, mas meu Pai te revelou ( esta é a pedra), e sobre esta pedra (revelação) edificarei a minha igreja”. A Igreja está edificada sobre a Revelação, sobre o Assim Diz o Senhor.

Amigo, abre o teu coração para a Palavra de Deus, e aceite o que o Senhor está te falando por meio dela. Esquadrinhe as Sagradas Escrituras, e saiba que sempre tem sido por meio da REVELAÇÃO que os filhos de Deus tem encontrado a verdade.
E esta REVELAÇÃO vem por eleição divina, não por vontade humana. Por que escolheu Deus a Abel em lugar de Caim, e a Jacó em lugar de Esaú? Porque esses foram seus desígnios e a sua vontade.
Queira Deus que você seja um dos seus eleitos, com a REVELAÇÃO para conhecer a Palavra manifestada para esta Era da Igreja, a mensagem que está aperfeiçoando ao povo do Senhor, e que possa participar das grandes bênçãos que se aproximam, para os que amam ao Senhor.

O propósito que temos ao publicar este folheto é dar a conhecer a REVELAÇÃO da Palavra de Deus, a qual Ele tem manifestado para esta última Era da Igreja Gentia, a fim de que os verdadeiros filhos de Deus despertem para a presente verdade, e saiam de todo sistema denominacional e de toda doutrina dos homens, e se ponham a tona com a vontade de Deus, se preparando para os grandes acontecimentos que se avizinham.

Se o amigo desejar mais literaturas sobre o mensageiro desta era ou mais algum esclarecimento a respeito do irmão William Marrion Branham, então nos escreva, pois nos encontramos à disposição de todas as pessoas de boa vontade e que desejam conhecer a respeito daquilo que temos ouvido e testificado, que Deus nos enviou um profeta para esta era final da igreja gentia, para voltar os nossos corações a mesma fé dos apóstolos, restaurando todas as coisas e revelando todos os segredos selados até o tempo do fim. (Dan. 12:4 e 12:9)
.

Por William Branham



Arquivado em | , , .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):