| em 28 agosto 2010

Por que batizar em nome do Senhor Jesus Cristo?

"Portanto ide, ensinai todas as nações, batizando-as em Nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo" (Mateus 28:19)

"E em Seu nome se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém" (Lucas 24:47)

"E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo" (Atos 2:38)

Paulo diz: Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas com cidadãos dos santos, e da família de Deus; edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina. (Efésios 2:19 - 20).

Se somos então edificados neste fundamento, não deverá ser o nosso Evangelho o mesmo Evangelho que eles pregaram? Não ensinaremos como os apóstolos ensinaram? Não faremos como eles fizeram concernente à inteira doutrina da salvação? Certamente, pois Paulo disse em (Gálatas 1:8): Mas, ainda que nós mesmos
ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema.


OS APÓSTOLOS BATIZARAM SOMENTE EM NOME DO SENHOR JESUS

Examinaremos os relatos dos serviços batismais registrados na Santa Palavra de Deus.

O Espírito Santo descendo sobre os 120 no cenáculo. A multidão se aproximou bruscamente e foi convencida do fato de que este grupo de pessoas tinha recebido algo real de Deus; algo que eles também necessitavam. A resposta de Pedro aos corações sinceros e famintos quando perguntaram: "Que faremos?" foi a seguinte: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo. De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram se quase três mil almas. (Atos 2:38 e 41).

Há quem diz que a razão pela qual Pedro lhes ordenou que fossem batizados no Nome do Senhor Jesus, é porque eram judeus e o batismo serviria para que confessassem a Jesus Cristo. Vejamos, porém, a casa de Cornélio e os membros de sua família, e aqui novamente encontramos a Pedro ordenando que se batizassem no Nome do Senhor. (Atos 10:47-48).

Se Pedro tivesse errado no dia de Pentecostes, certamente haveria tido bastante tempo para se corrigir antes que fosse à casa de Cornélio. Estaria Pedro errado no dia de Pentecostes?

Quando eles ficaram comovidos, "perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos..." (Atos 2:37). Isto inclui a Mateus quem escreve o livro de S. Mateus (Mateus 28:19). Também (Atos 2:14) vemos Pedro levantando-se com os onze. Mateus estava lá, porém não encontramos palavras de correção da parte dele. Por quê? Jesus disse em (S. João 17:6): Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me
deste; eram teus, e tu nos deste.

Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina. (Efésios 2:20). Em lugar nenhum encontramos que eles batizaram repetindo as palavras: "Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo".

Pelo contrário, eles apenas batizaram em nome do Senhor Jesus Cristo; eles cumpriram a ordem do Senhor em (Mateus 28:19). Pois ali Jesus não indicou aos apóstolos que usassem estas palavras como uma fórmula. Ele ordenou o batismo usando o Nome.

Felipe foi a Samaria e pregou-lhes Cristo (Este povo não era judeu, mas samaritano). Eles prestaram atenção à mensagem que ele entregou "Os apóstolos, pois, que estavam em Jerusalém, ouvindo que Samaria recebera a Palavra de Deus, enviaram para lá Pedro e João. Os quais tendo descido, oraram por eles para que recebessem o Espírito Santo.” (Porque sobre nenhum deles tinha ainda descido; mas somente eram batizados em nome do Senhor Jesus). (Atos 8:14 - 15).

Cornélio era um homem justo e temia a Deus com toda sua casa. Ele viu em uma visão um anjo que lhe disse para mandar chamar a Pedro em Jope, o qual lhes
diria as palavras pelas quais poderiam ser salvos. Quando ele declarou a grande verdade, que "Por meio do Nome de Jesus todo que Nele crê recebe perdão dos pecados", o Espírito Santo caiu sobre todos que ouviram a Palavra e eles falaram
em línguas como fizeram os apóstolos no dia de Pentecostes. Então Pedro respondeu:
Pode alguém porventura recusar a água, para que não sejam batizados estes,
que também receberam como nós o Espírito Santo? (Atos 10:47). A seguir observaremos
um ato batismal dirigido por Paulo"... e achando ali alguns discípulos, disse lhes:
Recebestes vós já o Espírito Santo quando crestes? E eles disseram-lhe: Nós
nem ainda ouvimos que haja Espírito Santo.

Perguntou-lhes então: Em que sois batizados? E eles disseram: No batismo
de João.
Mas Paulo disse: Certamente João batizou com o batismo do arrependimento,
dizendo ao povo que cresse no que após ele havia de vir isto é, em Jesus Cristo.
E os que ouviram foram batizados em nome do Senhor Jesus.

E, impondo-lhes Paulo as mãos vieram sobre eles o Espírito Santo; e falavam em línguas e profetizavam. (Atos 19:1-6).

Não cremos que Paulo alterou a fórmula ou modo de batismo quando batizou Lídia e sua gente de casa e nem ao carcereiro de Filipos.

Agora, note bem: Paulo não estava junto com os apóstolos quando Jesus deu suas instruções finais a eles em (Mateus 28:19) e (Lucas 24:47), contudo encontramos Paulo batizando em Nome do Senhor Jesus Cristo. De quem recebeu esta revelação?
Cumpre mencionar que o Evangelho de Paulo não é uma cópia ou imitação de outros apóstolos, mas é uma revelação.

Mas faço-vos saber, irmãos, que o Evangelho que por mim foi anunciado não é segundo os homens. Porque não o recebi, nem aprendi de homem algum, mas pela revelação de Jesus Cristo. (Gálatas 1:11 - 12).

Ele escreveu: E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus pai. (Col. 3:17).

Paulo reclamou ter autoridade divina: Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamento do Senhor. (I Cor. 14:37).

O batismo com água é executado tanto por palavras como por obras. Não podemos deixar de comunicar esta ordem à igreja.

Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, do qual toda a família nos céus e na terra toma o nome. (Efésios 3:14 - 15).

Devemos ler os Atos dos Apóstolos e as epístolas de Paulo para saber o que os apóstolos ensinaram e praticaram após a vinda do Espírito Santo.

Você dirá: "Se Jesus quisesse que nos batizássemos em seu nome, então, por que Ele não nos disse?"

Ele o disse. Note que Ele falou "No Nome".

Qual é o Nome do Pai? Jesus dá a resposta em (São João 5:43): Eu vim em nome de meu Pai.
E qual é o Nome do Filho? A resposta é dada por um anjo em (Mateus 1:21): ...e chamará o seu nome Jesus.

E em qual nome o Espírito Santo é revelado? A resposta é encontrada em (S. João 14:26): Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas.

É citado nos versículos encontrados em (Lucas 24:45-47), que Jesus abriu o entendimento dos discípulos. Foi necessário que o entendimento lhes fosse aberto e muitos hoje em dia necessitam desta mesma operação para que possam entender as Escrituras:

Em (Lucas 24:47) encontramos: E em seu nome se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém.

Foi Pedro um daqueles a quem Jesus havia falado e cujo entendimento também tinha sido aberto. Após ter escutado estas instruções, poucos dias depois começou a pregar inspirado pelo Espírito Santo, e continuou até que os corações dos ouvintes ficaram comovidos e sentindo-se condenados, perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: "Que faremos varões irmãos? "Pedro não hesitou e firmemente
deu a prescrição: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo. (Atos 2:38)

Alguns dizem que aceitarão as palavras de Jesus em (Mateus 28:19), porém não as de Pedro em (Atos 2:38).
Mas, foi Pedro quem falou no dia do Pentecostes ou foi o Espírito Santo?

Pedro disse que era o Espírito Santo mandado dos céus. (I Pedro 1:12).

Pedro foi um apóstolo e a ele foram dadas as chaves do reino (Mateus 16:17-18) e não temos o direito de desacreditá-lo em suas palavras.

Para que vos lembreis das palavras que primeiramente foram ditas pelos santos profetas, e do mandamento do Senhor e Salvador, mediante os vossos apóstolos. (II Pedro 3:2).

Aqui somos animados a considerar as palavras dos santos profetas e o mandamento dos apóstolos, e o apóstolo Pedro ordenou que o batismo fosse em Nome do Senhor Jesus Cristo.
O senso comum lhe dirá que o livro dos Atos é a igreja em ação; e se assim batizaram, então assim é como se deve batizar.

De coração aberto irmão, consulte as Escrituras, seja batizado em nome do Senhor Jesus Cristo, e Deus lhe encherá com seu Espírito.

A fórmula correta para o batismo nas águas tem sido restaurada nestes últimos dias. Amém.

Por: William Branham



Arquivado em | , .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):