| em 21 dezembro 2010

Dentes tortos podem prejudicar funções da boca


Mastigação, fala e articulações faciais são afetadas pela má formação dos dentes


Uma pesquisa realizada com crianças entre cinco a sete anos, consideradas "normais" por pais, professores e dentistas, encontrou-se a incrível estatística de 56% de alterações de arcada nas crianças. 56% é um número muito alto em crianças consideradas normais até pelos dentistas!

Em experiências em escolinhas, realizando triagens com crianças de dois a seis anos, perceberam-se também que a falta de conhecimento em relação às alterações ortodônticas é uma constante nas mais variadas classes sociais. Isso mostrou que crianças de todo o tipo devem sofrer com esse problema.

Há alguns anos, em um consultório, uma criança queixava-se de respiração oral. Ao ser examinada a cavidade bucal depararam-se com uma mordida completamente cruzada para o lado direito. A mãe se mostrou estarrecida: como ela, que escovava os dentes da criança diariamente, não havia percebido? Evidentemente ela procurou, sem demora, um ortodontista para melhorar o bem-estar da criança.

Bem, o que nos interessa como pais e educadores é saber que tipos de a oclusão nossos filhos ou alunos podem ter, e como elas devem ser analisadas. Desta maneira, mostraremos algumas situações em que os pais podem ajudar a identificar alguns problemas e encaminhar seus filhos a especialistas.


Desvio de linha mediana - ocorre quando o centro da arcada superior não está alinhado com o centro da arcada inferior. Ele pode acontecer tanto para o lado direito como para o lado esquerdo. Quando uma criança aparenta ter a mandíbula torta, é bom os pais ficarem atentos.


Diastema - falhas, ou espaços, entre os dentes como resultado de dentes ausentes ou dentes que não preenchem a boca.


Mordida cruzada anterior - uma aparência de "bulldog", quando a arcada inferior está projetada muito à frente ou a arcada superior se posiciona muito atrás.


Mordida aberta - espaço entre as superfícies de mordida dos dentes anteriores e/ou laterais quando os dentes posteriores se juntam. Normalmente, crianças com esse tipo de problema, não conseguem encostar os dentes da parte da frente da boca.


Apinhamento - ocorre quando existem dentes demais para se acomodarem na arcada dentária pequena.


Mordida cruzada - ocorre quando a arcada superior não fica ligeiramente à frente da arcada inferior ao morder normalmente.


Sobremordida - algumas vezes chamada de "dentes salientes", acontece quando os dentes anteriores superiores se posicionam muito à frente da arcada inferior. A aparência desse problema pode ser comparada ao contrário da mordida cruzada inferior.


Devemos pensar que as partes "duras" (dentes, palato duro, maxila, mandíbula e os demais osso da face) dão sustentação às partes moles, ou seja, ao enorme número de músculos que são responsáveis pela fonação,mastigação, deglutição, articulação e mímica facial. As alterações que foram citadas a cima alteram todas essas funções, inclusive a fala.

Um exemplo que podemos imaginar facilmente é em relação aos músculos responsáveis pela mastigação, que sofrem ação direta do funcionamento dessas estruturas. Se a pessoa mastigar somente do lado direito, poderemos observar em poucos meses um aumento da espessura das fibras do lado que realiza o trabalho (direito e um alongamento das fibras musculares no lado do "balanceio" (esquerdo).

Olhando para pessoa de frente chegamos o ver o lado direito bem mais desenvolvido que o esquerdo, em aspectos como: sobrancelha mais arqueada, comissura labial (canto dos lábios) mais erguido, bochecha mais "cheia" etc.

Deglutimos cerca de duas vezes por minuto a saliva, e cerca de dez vezes por minuto água. Se imaginarmos que uma pessoa faz o contato da língua em direção ao céu da boca numa deglutição "normal", ao passo que uma com uma mordida aberta ou cruzada o faz em direção aos dentes, é possível prever que a segunda terá uma forte chance de afastar ainda mais seus dentes do desenho correto das arcadas.


Fonte: Minha Vida



Arquivado em | .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):