| em 12 agosto 2011

Estação da Plástica: Saiba por que o inverno é o período ideal para fazer cirurgias

Prepare seu corpo para o verão

“A plástica é uma cirurgia como qualquer outra e deve ser levada com total seriedade. Dessa maneira, os cuidados são necessários em qualquer época do ano”, alerta o médico.


Você sabia que a procura por cirurgias plásticas cresce cerca de 60% entre os meses de junho e agosto? Pois é, de acordo com especialistas da área, o inverno é a estação mais requisitada para esses procedimentos. Essa procura tem fundamento: a recuperação pós-cirúrgica é favorecida na estação mais fria do ano.

As mais pedidas

De acordo com o cirurgião plástico Eduardo Lintz, os procedimentos mais procurados nesta época do ano são as cirurgias de contorno corporal, como lipoaspiração e implantes mamários. "No entanto, existe um aumento da procura por todas as cirurgias plásticas", ressalta.


O campeão das cirurgias plásticas é o implante de silicone nos seios, com 19% dos procedimentos totais realizados. As lipoaspirações estão em segundo lugar, com 17% e as cirurgias de abdome em terceiro, com 16%.


Protegida do sol

Nesta estação do ano, é mais fácil evitar a exposição solar, contribuindo para que as cicatrizes não fiquem escuras (hipercromia). "As cirurgias na face, como o lifting e a rinoplastia, também são mais comuns nessa época pelo fato de os pacientes apresentarem uma melhor recuperação e cicatrização", acrescenta Eduardo Lintz.


Pronta para o verão!

Outro fator relevante para que as pacientes optem pelas cirurgias de contorno corporal no inverno é que a chance de estarem recuperadas logo no início do verão é muito grande. O especialista Arnaldo Korn detalha que, na maioria dos procedimentos em cirurgia plástica, atinge-se o aspecto final em até seis meses.


Edemas menores

"Quanto maior o procedimento cirúrgico e quanto maior a área manipulada, maior o trauma e, portanto, maior o inchaço. No inverno, o frio ambiente confere uma sensação melhor ao paciente e, por vezes, diminui a vasodilatação, favorecendo inchaços (edemas) menores", destaca o cirurgião Arnaldo Korn.


Repouso tranqüilo

Os especialistas alertam que qualquer cirurgia requer repouso relativo, evitando esforços físicos. No inverno, além do período de férias, as baixas temperaturas favorecem que o paciente evite se movimentar demais. Além disso, fica mais fácil utilizar sem desconfortos as cintas e faixas que ajudam no processo de cicatrização.


TODO CUIDADO É POUCO

• Você deve estar se perguntando: mas o inverno não favorece infecções, gripes e resfriados que debilitam o organismo?

"Por isso, as cirurgias só devem ser realizadas com os pacientes sadios, sem qualquer quadro de infecção ou inflamação. Em relação ao pós-operatório, os pacientes são orientados a evitar friagem e locais com grande concentração de pessoas. O mais importante é seguir as indicações do cirurgião!", alerta Lintz


por Anaiza Selingardi

Consultoria:
Arnaldo Korn, diretor do Centro Nacional – Cirurgia Plástica. Site: www.plasticaparcelada.com.br
Eduardo Lintz, cirurgião plástico da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Site: www.cirurgiaplastica.com.br

Fonte: Revista Malu – Ano 13 – Nº 473
www.revistamalu.com.br



Arquivado em | , , , .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):