| em 12 janeiro 2012

Pompoarismo — Exercício vaginal que melhora sua vida sexual


Torne-se uma mulher ainda mais sensual e sedutora com as técnicas do pompoarismo.

O Pompoarismo é uma técnica milenar que consiste na contração e relaxamento dos músculos circunvaginais, buscando como resultado o prazer sexual. Para o domínio da técnica são realizados com o auxílio dos ben-wa, que consistem em pequenas bolas ligadas através de um cordão de nylon, conhecidas também como bolinhas tailandesas (no caso das mulheres), e na contração na musculatura no esfíncter e dos músculos do períneo (no caso dos homens). Afirma-se ainda que o pompoarismo pode ser benéfico contra incontinência urinária e na preparação do canal para partos mais fáceis.

O pompoar, no caso dos homens, está relacionado a levantar pequenos pesos, contraindo a musculatura do pênis a fim de obter melhores resultados sexuais.


Muitos dos exercícios propostos para o pompoarismo fazem parte dos Exercícios de Kegel sugeridos por ginecologistas a fim de prevenir flacidez pós-parto e evitar a incontinência urinária.

Ginástica semelhante foi desenvolvida na década de 1950 pelo ginecologista Arnold Kegel. Em 1952 Kegel "desenvolveu" alguns exercícios para mulheres que tinham problema de incontinência urinária. Com pesquisas ele descobriu que o músculo pubococcígeo estava fora de forma e não funcionava de maneira adequada. Exercitando esses músculos, o problema médico era resolvido e o potencial para sensações genitais e orgasmo era aumentado. Em parte porque o fluxo sangüíneo aumenta em músculos exercitados, e o aumento do fluxo de sangue está relacionado com a facilidade para excitação e orgasmo. Quando aumenta-se a força de um músculo, aumenta-se seu suprimento de sangue, o efeito colateral: o aumento do fluxo de sangue para a pelve implica níveis mais elevados de excitação e orgasmos mais intensos.

Fonte: [pt.wikipedia.org]


Benefícios do Pompoarismo:

• Fortalece os músculos vaginais aumentando o prazer sexual do casal.
• Regula os hormônios, pois ativa a circulação da área pélvica.
• Conserva por mais tempo a libido das pessoas que praticam os exercícios regularmente.
• Ajuda no tratamento de frigidez.
• Auxilia e previne problema de incontinência urinária, queda do útero, bexiga, flacidez vaginal.
• Proporciona orgasmos mais intensos.
• Dá maior mobilidade aos quadris e a área pélvica.
• Melhora a performance da mulher na cama.
• Eleva a auto-estima, pois você se sente mais segura e poderosa.
• As praticantes do pompoarismo ficam sexualmente mais preparadas, melhorando sua intimidade.
• Mulheres que têm parceiros com ejaculação precoce podem utilizar o pompoarismo para amenizar e, junto com a terapia, superar o problema.

Fonte: [vilamulher.terra.com.br]


Dúvidas

- Qualquer mulher pode malhar a vagina?

Qualquer mulher DEVE fazer isso pensando, primeiro, na saúde. É uma ginástica como outra qualquer, focada nos músculos pélvicos: trabalha muito o abdômen, os glúteos e as coxas. Até queima calorias!

- Ok. Como funciona?

Ensino mais de 70 exercícios para treinar os três anéis vaginais, alternando força e velocidade (todos no livro “Pompoar: Prazer & Saúde”). Em um deles, ela senta sobre a mão. Deve tirar a respiração do abdômen e tentar contrair o períneo, músculo que divide o ânus do vagina. Se percebê-lo mexendo sobre a mão, está praticando o pompoarismo. Não precisa estar nua, basta uma roupa de ginástica. Na minha aula, percebo se a mulher está fazendo direito porque cada anel mexe um ponto específico do baixo ventre. Acessórios como aquelas bolinhas ligadas por cordão ajudam a evoluir mais rápido.

- Não precisa ter medo de ficar com a dita cuja musculosa? Ela muda fisicamente?

A musculatura vai ficando flácida com a idade, assim como peito ou bumbum. Com o pompoar, a vulva fica mais bonita e forte porque está mais irrigada de sangue. Com tônus muscular, ela fica mais expressiva: consegue até mandar beijinho! Fora que a lubrificação e a libido também aumentam com os exercícios.

- O pênis percebe a diferença? Há chances de “estrangulá-lo” se a moça não estiver gostando da transa?

Sim! A mulher passa a movimentar a vagina de forma sensual e provoca sensações eróticas no pênis. Ela consegue literalmente estrangulá-lo: apertar as veias que estão pulsando na base do pênis, segurando a ejaculação. O sexo é mais intenso e tem maior duração. A maioria das mulheres tem o orgasmo clitoriano, com estímulo externo e intensidade 110W. Com o pompoar, ela trabalha o corpo de dentro para fora e sente orgasmos vaginais, os de 220w.

- O pompoar te livrou das crises de cistite, aquela inflamação que causa dor para urinar, conhecida como doença da lua de mel. Como foi isso?

Tive esse problema dos 24 aos 25 anos, tomava antibióticos fortíssimos e a bactéria ficou resistente. Depois que comecei o pompoar, não tive mais nada. Meu ginecologista deu duas explicações para isso. A primeira é que a prática fez com que a minha bexiga “subisse”: ela era baixa e tornava o canal da uretra curto, propenso à infecções. A outra possibilidade é que o pompoar aumenta o fluxo sanguíneo na região pélvica e, consequentemente, a minha imunidade. Pompoarismo não é pornografia, é qualidade de vida e saúde.

[Lu Riva - terapeuta tântrica | www.lupompoar.com.br] Texto de Nathalia Ziemkiewicz | Sex Pedia


Dicas De Exercícios Com Pompoarismo

Pratique os exercícios iniciais do pompoarismo e aumente o prazer! Sabia que faz bem exercitar a região vaginal? Isso mesmo! Há técnicas para movimentar a musculatura pélvica e com isso garantir uma maior saúde dos genitais, além de mais prazer.

Trata-se dos Exercícios de Kegel, uma técnica sugerida por muitos ginecologistas às pacientes para prevenir flacidez pós-parto e incontinência urinária. Outra vantagem: os movimentos ajudam a mulher a perceber melhor as sensações vaginais e, com isso, descobrir mais maneiras de sentir prazer. Esses exercícios são técnicas iniciais para a prática do pompoarismo. Na próxima coluna, daremos algumas dicas a mais.


* Kit Para Pompoarismo


Veja um roteiro básico, para ser feito duas a três vezes por semana:

» Contração vaginal

» Contração anal

» Sucção vaginal

» Contração de glúteo

» Movimentação do períneo


* Curso Pompoarismo


1. Contração vaginal

Sentada numa cadeira, contraia os músculos da vagina como se apertasse algo dentro dela. Conte até três e relaxe. Repita dez vezes. Depois, contraia e relaxe rapidamente, como se quisesse imitar o ritmo de uma respiração ofegante. Conte até dez novamente. Total: 20 repetições.

2. Contração anal

Deitada, flexione as pernas e eleve o quadril. Fique apoiada apenas sobre os ombros e os pés. Contraia o bumbum, conte até três e solte. Faça dez vezes. Deite na cama e relaxe o corpo por alguns instantes. Depois, volte à posição anterior e contraia o ânus em três tempos, sem relaxar entre um e outro: de leve, mais forte e com toda a intensidade. Faça dez vezes. Relaxe e repita o exercício, só que dessa vez você irá contrair não só o ânus, mas também a vagina como se quisesse sugar alguma coisa com ela. Mais dez vezes. Total: 30 repetições.

3. Sucção vaginal

Recostada na cama, separe as pernas e deixe-as semiflexionadas. Insira um dos dedos na vagina e aperte-o o máximo que puder. Caso não consiga apertar o dedo, insira dois. Faça dez vezes. Depois, tente sugar o dedo com a vagina. Ajude com a respiração: na hora do movimento de sucção do dedo, inspire e prenda o ar. Conte até três. Repita dez vezes. Total: 20 repetições.

4. Contração de glúteo

De pé, com os pés paralelos e distantes 20 centímetros um do outro, contraia o bumbum. Tente unir as nádegas o máximo que puder. Conte até três e relaxe. Faça dez vezes. Repita o exercício contraindo e soltando rapidamente, como se acompanhasse uma respiração ofegante. Conte dez vezes. Total: 20 repetições.

5. Movimentação do períneo

De pé, com as pernas semiflexionadas e as mãos na cintura, mova a pélvis para cima e para frente, contraindo o canal da vagina. Conte até três e solte. Faça dez vezes. Depois, faça um movimento circular, como se usasse um bambolê. São quatro movimentos: primeiro, a pélvis vai para cima e para frente; depois o quadril vai para a esquerda; em seguida o bumbum deve ser empinado para trás; por último, o quadril vai para a esquerda. Fala dez giros completos. Total: 20 repetições.



Arquivado em | , .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):