| em 05 junho 2012

Filhos adolescentes: entendendo o universo teen

Pais que desejam orientar corretamente os filhos pré-adolescentes encaram um verdadeiro desafio. Confira as orientações dadas por especialista



Criar os filhos hoje em dia vem se tornando um verdadeiro desafio. A situação se complica ainda mais quando chega a fase da pré-adolescência. Em alguns casos, os pais podem acabar se frustrando e se considerando inaptos para dar uma boa educação aos filhos. Nesse "jogo" da educação, não há regras, mas com boas dicas é possível vislumbrar uma luz no fim do túnel e, assim, enxergar um futuro melhor para os jovens.

Para Patrícia Barboza, conselheira comportamental e colunista no blog de Cristiane Cardoso (www.cristianecardoso.com/pt), o principal desafio enfrentado por pais de pré-adolescentes está em saber lidar com o fato de que agora eles já têm opinião própria. "Os gostos, os conceitos, o estilo, a linguagem, as atitudes... Apesar de ainda estarem descobrindo a si mesmos, eles já fazem questão de serem tratados como ‘gente grande’", explica.

Em momentos de rebeldia, Patrícia diz que o mais importante é ensinar e insistir na conscientização de que toda atitude tem uma reação. "Geralmente, a rebeldia é algo temperamental, no desespero de se fazer ouvir ou afirmar algo. É importante que os pais mostrem ter o controle da situação e mantenham o próprio equilíbrio, sem reações emocionais, como gritos, choros ou ameaças. Essas expressões de descontrole só farão com que o filho perceba que encontrou um ponto onde pode manipular toda a família", ensina.

Para encontrar o equilíbrio entre a independência tão almejada pelos pré- adolescentes e a responsabilidade que os pais desejam que eles possuam, a colunista salienta que a liberdade vigiada é conquistada com esforço e os pais devem encorajar os filhos a alcançarem o que desejam. "Essa responsabilidade que tanto queremos ver nas atitudes deles requer o mesmo da nossa parte como pais. O que garante que nossos filhos farão as escolhas certas? Eu só posso dar à minha filha meu próprio exemplo de conduta; ela decidirá em quem se espelhar", completa.


Tempos modernos


Para o psicólogo clínico Marco Antônio Garcia, o processo de educação dos filhos tem se tornado cada vez mais difícil nos tempos atuais devido ao excesso de estímulos e influências. Segundo ele, existem princípios básicos para ajudar os pais na educação dos filhos. Confira algumas dicas:

1) O ditado "faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço" não serve para a educação dos filhos, pois eles aprendem mais através da observação do que através de ordens ou conselhos;

2) Carinho, afeto, abraço, beijos e elogios são muito importantes para a autoestima dos filhos;

3) Participe da vida do seu filho sem vigiar ou proibir demais;

4) Todos nós precisamos de limites, disciplina e regras. Se os pais não derem, a vida vai cobrar caro;

5) Castigos físicos ou verbais não geram respeito, e sim medo


Da redacao@folhauniversal.com.br | Jornal Folha Universal - Ano 20 - N° 1052 | www.folhauniversal.com.br



Arquivado em | , , .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):