| em 04 julho 2012

Batatas Suecas

Batatas assadas gostosas e fáceis de fazer



Hasselbackspotatis é como os suecos chamam essa batata que serve como acompanhamento

Já vi essa batata aperecer em vários blogs pela internet, mas sempre sem casca e numa busca pela rede dei de cara com a receita original e achei o máximo. Hasselbackspotatis é como os suecos chamam essa batata que serve como acompanhamento de quase tudo por lá.

O resultado dessa batata é delícia demais e o melhor, sendo prática de fazer e permitindo usá-la como base para vários cremes. Dessa vez, elegemos o creme de espinafre. Antes de tudo, insisto: façam com a casca, o sabor da batata fica muito mais gostoso!

Vamos à receita: lave bem as batatas e depois de enxugá-las faça cortes finos nelas sem chegar até o final. Coloque-as batatas em uma forma untada e pincele cada uma delas com manteiga – isso faz com que a casca fique mais macia e saborosa. Leve ao forno em temperatura média por mais ou menos 45 minutos ou até as batatas ficarem macias e douradas. Na metade do tempo, pincele um pouco mais de manteiga para elas não ressecarem.

Enquanto as batatas assam, vamos ao creme: pique um maço de espinafre (já devidamente lavado) em pedaços pequenos, e refogue junto com 1 colher generosa de margarina e 1 cebola pequena em cubos. Quando as folhas murcharem, misture 1 copo de requeijão, 1/2 copo de leite e 1 colher de chá de maizena. Acerte com sal ou coloque um pouco de queijo parmesão ralado. Em fogo baixo e sempre mexendo, deixe engrossar.

Agora é tirar suas hasselbackspotatis do forno, regar com bem muito creme e se quiser fazer mais uma gracinha, ainda salpica uns pedaços de bacon bem crocantes (vejam essa dica perfeita do panelaterapia).

Por Camilla Rezende, do 'Na minha panela



Arquivado em | , , .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):