| em 01 maio 2013

Mais sabor e nutrição com leite de amêndoas e amoras

A amêndoa é rica em gorduras e vitaminas do complexo B. Eficaz contra complicações das vias respiratórias, estomacais, ajuda combater gases, é um leve laxante, combate a febre, irritações das vias urinárias, inclusive cálculos.

Com um excelente sabor, o leite de amêndoas está entre os alimentos mais saudáveis do mundo. Elas têm sido muito elogiadas por sua excelência nutricional. O conteúdo das amêndoas pode ser extraído, quer através de uma trit­u­ração ou processo de fazer suco uma alternantera saudável ao leite de vaca.



Foto: Reprodução

O leite de amêndoa é amplamente utilizado como um substituto para o leite de vaca por veg­ans e pessoas que têm prob­le­mas para digerir lactose. Como o leite de vaca, pode ser arom­a­ti­zado. O Leite de amên­doa com­er­cial está nor­mal­mente disponível em sabores de bau­nilha e choco­late. O tipo de pro­teína nas amên­doas não são os mes­mos que os pre­sentes no leite de vaca. Dev­ido a isso, o leite de amên­doa tem uma vida útil mais longa.

Ingrediente indispensável na confecção de doces, bolos e tortas, especialmente na fabricação de bombons e chocolates. Ela também é comumente usada como item essencial na decoração gastronômica. Das sementes são retirados óleos e essências, portadores de faculdades medicinais, por esta razão a amêndoa é muito encontrada no ramo da estética.

As amêndoas são classificadas em duas categorias: doces (Prunus amygdalu var. dulcis) e amarga (Prunus amygdalu var. amara). As amêndoas doces são a variedade comestível. Têm uma forma oval, uma textura normalmente maleável e um sabor maravilhosamente amanteigado. Estão disponíveis no mercado ainda dentro da casca ou a casca retirada. As amêndoas descascadas estão disponíveis inteiras, cortadas ou em pedaços, quer na sua forma natural, com a pele, ou peladas, com a pele retirada.

As amêndoas amargas são usadas para fazer óleo de amêndoa que é utilizado como agente de condimento para alimentos e licores como o Amaretto. De outra forma não são comestíveis pois contêm naturalmente substâncias tóxicas como o ácido hidrociânico. Estes componentes são removidos quando se fabrica o óleo de amêndoas.

Normalmente os mestres da gastronomia consideram este fruto, muito consumido no Natal, mais apetitoso que outras frutas, como as nozes, as avelãs e a macadâmia. Seu paladar é definido como algo mais ameno. Usa-se muito na culinária a farinha de amêndoas, principalmente nas tortas.

Ela tem um potencial energético apreciável, ou seja, 100 gramas de amêndoas detêm 589 calorias, um pouco menos que as nozes. Como estas frutas, a amêndoa possui vitamina E, ácido fólico e arginina, um aminoácido prescrito para o relaxamento dos vasos e o equilíbrio da pressão arterial.

Infelizmente, a amêndoa é um elemento meio elitizado, por seu preço não ser acessível para boa parte da população – o quilo desta fruta, já descascada, custa por volta de R$ 35. Desta forma, ela está mais presente na gastronomia sofisticada, não só como um prato conhecido como marzipã, mas também no consumo em seu formato natural.

As pessoas igualmente desfrutam desta fruta como aperitivo, com sal, torrada ou recoberta de açúcar. Nas amêndoas doces, ou Prunus amygdalu var. dulcis, mais comuns, a fração melhor aproveitada é a essência, enquanto as amargas, ou Prunus amygdalu var. amara, são utilizadas como aromatizantes.

As doces, encontradas no formato oval, são palatáveis, apresentam uma superfície flexível e um paladar semelhante ao da manteiga. Elas são encontradas com ou sem casca; estas podem ser adquiridas na forma integral, picadas ou em pedaços. As de natureza amara são aproveitadas como óleos ou como temperos.

As amêndoas contêm uma substância conhecida como gordura monoinsaturada, ideal para uma boa circulação sanguínea, a normalização do colesterol e a diminuição dos radicais livres, pois ela tem um alto potencial antioxidante.

Benefícios para a Saúde

● Tonifica o Sistema Nervoso
● Diminui o Colesterol
● Afecções Cardíacas
● Arteriosclerose
● Afecções Ósseas
● Diabetes
● Gravidez e Lactação


RECEITA DE LEITE DE AMÊNDOAS COM AMORAS



Foto: Reprodução

Ao contrário do leite de origem animal, o leite de amêndoa não contém colesterol nem lactose. Como não contém nenhum produto animal, é adequado para vegans e vegetarianos.

Pode-se substituir as amêndoas por qualquer outra noz ou semente (ex: nozes, castanha-do-pará, gergelim etc), ou até usar um mix destas opções; a fruta também pode ser substituída por qualquer outra (morangos orgânicos, cerejas frescas, abacaxi com maracujá, banana com mamão, caqui, frutas secas hidratadas: como ameixa seca e damasco, ou outra de sua preferência).

Ingredientes:

- Água de um coco verde + a polpa do coco
- 200 g de amoras ou morangos orgânicos (ou 4 fatias de abacaxi + 1 maracujá…)
- 125 g de amêndoas hidratadas (deixar de molho em água mineral, no mínimo 8 horas, mas é melhor deixar 24 horas enxaguando bem e trocando a água duas vezes por dia)
- 100 g de uvas passas brancas (ou ameixas secas) hidratadas em água mineral (de duas a quatro horas)
– regular a quantidade de uvas passas a gosto, se quiser mais doce basta aumentar a quantidade
- 4 gotas de essência de baunilha natural orgânica (opcional) ou 1/2 colher de café de canela em pó.

Modo de Preparo:

Bater tudo no liquidificador até que fique bem homogêneo, coar em coador de voal, e está pronto para beber.

Servir frio. Pode-se guardar este leite até no máximo o dia seguinte na geladeira.

Caso você tenha a sorte de encontrar um coco com muita polpa, o leite ficará cremoso com uma consistência de milkshake, uma delícia!!! Nesses casos sugiro que faça o leite em duas partes, primeiro a água de coco, a polpa e as amêndoas, passar no coador de voal, e depois bater as frutas com o leite (não é necessário coar novamente).

Receita adaptada do livro: Lugar de Médico é na Cozinha, Autores Gonzales e Dr. Alberto Peribanez.

Neste livro, o autor mostra, com base científica, que a chave para a cura e para a saúde pode estar bem à mão, nos alimentos da horta e do pomar, dentro de sua própria cozinha. Inclui 88 receitas.

Referências:

www.i-legumes.com
www.infoescola.com
www.alimentacaosaudavel.org
yogaealimentacao.com.br



Arquivado em | , , .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):