| em 18 agosto 2013

Acabe com as manchas escuras e irritações na pele

As terríveis manchas escuras que aparecem nas axilas, virilha e coxas, são um verdadeiro pesadelo contra a beleza feminina

Saiba por que as manchas nestas regiões ficam mais acentuadas e confira as soluções para clarear a pele que escureceu.


Por que a pele escurece nestas regiões?

As axilas, virilha e as coxas são áreas que se localizam na parte interna dos membros, fazendo com que elas sofram maior atrito do que as demais, o que provoca irritação e hiperpigmentação da pele.

"Quando nos movemos, há o atrito e, consequentemente, irritação (é comum a pele ficar cheia de bolinhas vermelhas) e, muitas vezes, uma certo ardor, semelhante a sensação de assadura. Então, a pele, para se proteger da agressão, cria uma camada espessa, que com o passar do tempo tende a ficar escura", explica Solange.

Segundo a dermatologista, os outros motivos causadores do problema são: alergias; irritações causadas por cremes; depilação com lâmina e assaduras.


Morenas são o alvo

A dermatologista explica que a tonalidade da pele é determinante para a coloração da mancha e que isso deve ser levado em consideração na hora do tratamento:

"Como ocorre uma hiperpigmentação, a pele escurece em relação a sua tonalidade normal, logo, se você é morena, terá manchas mais escuras que uma pessoa de pele mais clara. Na hora de tratar, é preciso muito cuidado para que a região não clareie demais e contraste com o restante do corpo", explica.


Por que os gordinhos sofrem mais?

Como tem excesso de gordura nestas regiões, o atrito é maior e a irritação fica mais frequente. Nos dias de calor, o suor aumenta o desconforto, principalmente na região entre as cochas e nas axilas.

A dica da especialista é usar roupas mais soltas, de tecidos leves e macios e que fiquem menos grudadas no corpo para diminuir o atrito.


Operação clareamento

Existem diversos cremes e tratamentos específicos para quem sofre com as manchas, que além de eficientes, são seguros, porém, a dermatologista alerta para os perigos do uso por conta própria: "se a sua ele é do tipo áspera e menos pigmentada e você usa um creme para peles oleosas e mais pigmentadas, pode ficar com manchas ainda maiores, dificultando a remoção. O ideal é procurar um especialista e seguir o tratamento adequado", explica.

"Boas opções para solucionar de vez o problema são os clareamentos com laser, que removem parte da pigmentação escura, ácidos clareadores, despigmentadores e peelings superficiais que não agridem a pele e ajudam na remoção das células mortas", explica Solange. "O tratamento, o número de sessões e os resultados vão depender do grau de hiperpigmentação da pele".

Na guerra contra as manchas a mulherada recorre a centenas de receitinhas caseiras e acaba muitas vezes piorando a situação. Cuidado com as receitinhas caseiras que contem Limão com açúcar, aveia com fubá, água oxigenada, talco e até pasta de argila. O que pouca gente sabe é que estas soluções que parecem simples e milagrosas podem se tornar um pesadelo, deixando as tão incômodas manchas ainda maiores e mais escuras.


Mas não se desespere! Aqui uma receita que pode amenizar o problema


Prevenir é o lema!

Como já dizia o lema, prevenir é sempre a melhor solução, por isso, a especialista deixa algumas dicas que vão te ajudar a evitar as malfadadas manchas:

- Nunca use desodorantes ou cremes com álcool

- Use e abuse de cremes hidratantes

- Prefira a depilação com cera ou laser à feita com lâmina

- Use roupas mais leves e menos coladas ao corpo

- Use cremes específicos para o seu tipo de pele

- Capriche no protetor solar, pois o sol intensifica o problema


Texto Natalia Do Vale | Minha Vida - saúde, alimentação e bem-estar



Arquivado em | , , .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):