| em 12 setembro 2013

Confira algumas tendências para construção e decoração

O mercado da construção civil está sempre se reinventando e criando soluções novas para atender os desejos de seu variado público. Mas tanta novidade pode causar muitas dúvidas sobre quais serão as melhores opções que poderemos usar em nossa casa ou até mesmo imóvel comercial.

Uma tendência que vem fazendo a cabeça dos decoradores é a aposta de composições que utilizam o contraste de cores claras e escuras. Ou seja, um ambiente não precisa apresentar apenas tons pasteis como coral ou rosa. Pode haver um mix sofisticado e equilibrado com a utilização de tons como turquesa, esmeralda ou púrpura, por exemplo.


Ainda falando de cores, uma técnica que está sendo bastante difundida nos últimos tempos é aquela que aposta em mais de um tom, chamada ombrè. Feita através de transições suaves entre duas cores, ela conseguirá dar um toque diferenciado em qualquer ambiente e, por isso, tem sido bastante difundida.

Outra novidade bastante moderna é o uso de cores metalizadas como prateados e acobreados. Não tenha dúvidas de que essa tendência consegue causar impacto em qualquer ambiente, e se bem planejada, poderá criar um efeito surpreendente e que se encaixa perfeitamente no estilo de quem busca por uma decoração mais contemporânea e urbana.

Cada ambiente pode apresentar uma proposta diferenciada quanto ao design e a decoração. Afinal de contas, a sobriedade e requinte que geralmente usamos numa sala de estar, por exemplo, não precisam ser aplicadas ao quarto, que pode ter um ar mais descontraído e com referências mais pessoais.


Até mesmo os ambientes infantis como quartos e salas de brinquedos podem seguir determinadas tendências e saírem das propostas mais tradicionais e comumente usadas. A dica é estar sempre de olho nas publicações sobre arquitetura, blogs e outras fontes de inspirações que sempre trazem novidades e ideias criativas.

Em 2013, uma linha de decoração que ficou mais forte é a minimalista, que em seu conceito faz referências a móveis um pouco mais compactos, mas que ao mesmo tempo são bem funcionais, além de seguir uma cartela de tonalidades neutras para a pintura de paredes e ousar um pouco mais nas cores dos acessórios.

Assim como na moda, as tendências e estilos de decoração andam em círculos e de tempos em tempo algo é recriado ou reaproveitado através de releituras e diferentes interpretações. Seguindo essa lógica, as padronagens vintage voltaram com força total neste ano, pois mesmo sendo algo que remeta a decorações mais antigas, esse estilo consegue ser mesclado muito bem com elementos modernos, criando um espaço charmoso e contemporâneo.

Além das cores e ornamentos, outro destaque de qualquer decoração é o piso, que a cada temporada ressurge com linhas cheias de novidades e qualidades que valorizam os ambientes. Um piso cerâmico, por exemplo, consegue embelezar ainda mais os cômodos do imóvel por conta de sua aparência parecida com o mármore, sendo essa uma forte tendência deste ano.


Outro tipo de piso que tem feita a cabeça de muitos arquitetos é o granito branco marfim, que possui uma ótima resistência e durabilidade incrível, pois até mesmo consegue ser superior ao celebrado porcelanato. Seu brilho remete ao requinte e sofisticação que qualquer pessoa procura quando decide decorar seu imóvel.

Seguir tendências e padrões pré-estabelecidos pode ser muito útil e prático, mas cada pessoa deve tentar deixar uma marca pessoal em cada decoração, pois isso a torna ainda mais diferenciada e agradável aos olhos das pessoas que passam a maior parte do tempo no ambiente, já que afinal de contas, são elas que devem aprovar ou não qualquer elemento ou estilo que fará das composições. Então, a dica principal é utilizar referências aliadas à sua personalidade.

Por Pilar Diniz | SEO Master

+ 55 21 4126-1965
www.seomaster.com.br
Twitter: @seomasterbr



Arquivado em | , , , .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):