| em 23 abril 2014

Desemprego X Libido

Muitas podem ser as causas da má performance na hora da intimidade, mas um estudo sobre sexualidade revelou que o desemprego é um dos maiores geradores da perda de interesse pelo sexo e que os homens são os mais prejudicados quando se veem fora do mercado de trabalho.

A palavra não é nada agradável e há quem não goste nem de pronunciá-la: desemprego. Quem viveu os efeitos provocados pela falta de trabalho – mesmo que por um curto período de tempo – sabe o peso que essa palavra tem. A ansiedade na busca por uma nova colocação pode causar variações de humor e de estado espírito. E quando falta comida na mesa, a baixa autoestima é um tempero que ninguém deseja experimentar.

Mas, quem administra melhor a fase das vacas magras?
O homem ou a mulher? E mais: que impacto o desemprego pode causar na vida de um casal?


O projeto sexualidade, do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), coordenado pela psiquiatra Carmita Abdo, mostra que entre os homens desempregados o risco da perda da libido é 83% maior do que entre os que estão empregados. O estudo também destaca que, no caso das mulheres, o desejo sexual tem 66% mais chances de desaparecer entre as desempregadas. Depressão, sensação de impotência e desânimo foram apontados como importantes efeitos sentidos pelas pessoas.

Para o psicólogo Alexandre Rivero, especialista em psicologia clínica, apesar do avanço da mulher na sociedade pós-moderna ainda existe uma expectativa social para que o homem seja bem-sucedido e atue como provedor da família. “O fracasso econômico é penoso para muitos homens, provocando um sentimento de perda associado à vergonha. Muitos homens nessa situação se precipitam e terminam o casamento. A crise econômica na família cria uma atmosfera de preocupações, discussões, acusações. Este clima afetivo é antagônico para o casal experimentar uma vida sexual bem-sucedida. O stress emocional inviabiliza o exercício pleno da sexualidade”, afirma Rivero.

Se você está vivendo essa situação, confira a baixo as três dicas de ouro para o casal enfrentar e vencer esses problemas que podem estremecer a autoestima de ambos e abalar o relacionamento.



Dicas Para O Casal Sair Da Crise

1) Conversem sem críticas e façam uma autoanálise da situação evitando a alteração de ânimos. Estabeleçam juntos um plano de recuperação das finanças e não cobrem resultados imediatos, pois uma recolocação no mercado de trabalho ou retorno de um novo negócio podem requerer algum tempo. Não entrem no “jogo das culpas” e nem permitam que os sentimentos atuem como um ácido corrosivo no casamento. Sejam racionais e chegarão a um resultado satisfatório.

2) Vejam a situação como algo passageiro e aproveitem a má fase para se unirem e formarem um time para vencer o jogo. Seja o torcedor ou torcedora número 1 de seu parceiro e não um adversário dentro de casa. Se a parte que está vivendo o problema não encontrar apoio em sua família poderá buscar alguma fuga e ficar vulnerável a ponto de procurar fora o que não encontra em casa. Esse espaço entre o casal pode contribuir para o desenvolvimento de “paixonites” e levar o conjugue a pensar que não deseja mais o casamento.

3) Se vocês têm filhos é aconselhável que eles estejam cientes da real situação da família. Use a experiência de forma positiva mostrando que eles também fazem parte desse time. Encoraje-os a jogar juntos e incentive-os a colaborar na economia necessária. Em vez de separar a família por causa de um problema aproveite para uni-la em torno da solução.


Só Para Mulheres

O papel da esposa na família é fundamental. Ela tem um poder de influência sobre o marido e os filhos que nenhum outro membro da família, por mais que se esforce, poderá ter. Confira a seguir, dicas especialmente desenvolvidas para que você, mulher, possa ajudar seu marido a sair dessa situação. É a sua oportunidade de mostrar sua capacidade de ser a “cola” que une toda a família.

Não inverta os papéis
Não é porque seu marido não está podendo arcar com as contas da casa que você pode tirar sua autoridade de provedor. Uma das coisas que um marido mais busca é o respeito de sua mulher. Portanto, faça a sua parte, auxilie em tudo o que puder e jamais use o desemprego dele para colocá-lo para baixo.

Tire forças da fraqueza
É claro que o desemprego de seu marido – ou o fracasso nos negócios – também irá atingi-la, mas você é o alicerce desse relacionamento. Portanto, está em você o poder de renovar as forças e levantar sua família. Fale para o seu marido palavras positivas, de ânimo e de incentivo, mesmo que sua vontade seja de sentar e chorar! Lembre-se: você é o alicerce e se você cair todos caem. Você tem essa força, creia e busque-a dentro de si.

Seja discreta
Não comente a situação com outros familiares e amigos. Provavelmente eles irão se inteirar da questão do desemprego, mas jamais comente sobre problemas em relação à vida sexual de vocês. Evite ser negativa quando houver algum comentário sobre a situação financeira e, se realmente for inevitável tocar no assunto, seja positiva e fale de como a família está empenhada em sair dessa e o quanto vocês estão mais unidos.

Se empenhe
Não cobre empenho do seu marido, mas empenhe-se em fazer a sua parte. Se você realmente se comprometer a auxiliar seu marido a situação será solucionada mais rapidamente e sem danos para o relacionamento. Em vez de criticar resgate as vitórias anteriores, lembre seu marido do que a fez interessar-se por ele e o quanto as conquistas que vocês alcançaram juntos são importantes para você.

Não deixem os planos de lado
Não é porque é tempo de apertar os cintos que os sonhos devem morrer. Pelo contrário, contemple as possibilidades de uma vida renovada e mantenha acesa a chama que alimenta os projetos do casal. Os seus planos podem até serem adiados, mas não necessariamente abandonados.


Por Mônica Soares

Fonte: Revista The Love School, escola do amor, Ano 1 Nº 9, 2014
Facebook: EscoladoAmor

Adquira já a sua em uma banca mais próxima ou assine: Love School Em Revista

Assista na Rede Record todo sábado 12h e Record News 17h. Pela iurdtv.com de 2ª a 6ª, às 11h da manhã!

Casamento Blindado | 120 Minutos Para Blindar Seu Casamento



Arquivado em | , , , , , .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):