| em 26 outubro 2014

Ensine seu cão a latir menos!


Ele tira o seu sono e o dos vizinhos com tanta barulheira?

Aprenda 5 atitudes que vão mudar o comportamento do seu animal rapidinho.


Toda vez que alguém da família faz vontade do cachorro pra ele ficar quieto só o incentiva a latir mais. Com essa atitude, o animal entende que, precisa fazer mais barulho. Mas esse problema tem solução. Alexandre Rossi, autor do livro Adestramento Inteligente – Técnicas de Adestramento e Soluções de Problemas de Comportamento, explica como contornar o problema.


OS PRINCIPAIS MOTIVOS PARA OS LATIDOS

Elimine a causa, senão o cão arrumará outro jeito de se manifestar, como começar a cavar o jardim!


  • Proteção (da propriedade ou da ninhada).
  • Provocação de gente que passa na rua.
  • Isolamento.
  • Estresse.
  • Medo.
  • Fome, sede ou outro desconforto físico.
  • Vontade de chamar a atenção.
  • Problema de saúde.



5 ESTRATÉGIAS SIMPLES


1. Passeie com o peludo

Cachorros que não fazem nenhuma atividade física apresentam mais problemas de comportamento. Uma simples voltinha pelo bairro proporciona estímulos visuais, auditivos e olfativos e permite que vocês passem mais tempo juntos. Divirtam-se!


2. Brinquem de bolinha

O exercício de jogar e buscar a bolinha ajuda a relaxar a mente e o corpo, além de funcionar como antidepressivo.


3. Preste atenção aos sinais

Estimule o cão a manifestar suas vontades de várias formas. Vale colocar a pata no colo para pedir carinho, olhar para maçaneta até alguém abrir a porta para ele ou mesmo trazer a guia ou coleira na boca quando quiser.


4. Repreenda o mau comportamento

Assim que ele começar a latir (depois nã adianta), sacuda uma lata e moedas bem barulhenta ou borrife água no focinho para causar desconforto e aclamar o animal.


5. Estimule um novo comportamento

Crie situações em que o cão normalmente latiria, como tocar a companhia de casa, e ofereça um petisco ou carinho se ele fiar quietinho.


Por Beatriz Levischi
Fonte: Revista Ana Maria, Nº 815 | www.revistaanamaria.com.br



Arquivado em | , .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):