| em 25 fevereiro 2015

Dicas de como amenizar as olheiras


Inimigas de muitas mulheres, as terríveis manchas escuras e o inchaço ao redor dos olhos podem ser minimizados.


O despertador toca. Está na hora de acordar para mais um dia de trabalho. Você se levanta e, ao se olhar no espelho, se depara com elas, suas inimigas que insistem em tentar acabar com seu humor logo de manhã: as terríveis olheiras. Parece que nada consegue combatê-las. Nem a maquiagem nem os cremes. Nada reduz a coloração escura e o inchaço ao redor dos olhos.

Que mulher nunca passou por essa situação? Segundo uma pesquisa realizada por uma empresa internacional de cosméticos, essas manchas estão entre as principais preocupações estéticas das mulheres. O estudo reuniu 600 mulheres de etnias distintas que revelaram que as olheiras as incomodam muito.


Qual é a causa das olheiras?

Muitas pessoas não sabem, mas vários fatores podem ocasionar as indesejáveis olheiras: poucas horas de sono, hereditariedade, constituição física (pessoas magras tendem a ter mais olheiras), cansaço físico ou mental e tensão emocional, entre outros. “Características raciais também podem ocasionar o problema. A pele morena tem maior tendência ao escurecimento dessa região”, acrescenta Daniela Ribeiro, médica dermatologista.

Algumas doenças também favorecem o escurecimento da pele embaixo dos olhos ou podem agravá-lo. “Entre elas destacam-se a rinite alérgica ou as dermatites (quando ocorrem na região das pálpebras), além de bulimia, anorexia, depressão e até a hipertensão arterial e os distúrbios do sono”, analisa a médica.

Ela faz questão de ressaltar que os péssimos hábitos de vida (veja a lista ao lado) também podem favorecê-las. Quando o assunto é o sono, a mulher não pode ser nem 8 nem 80. Por exemplo, se você tem o costume de dormir poucas ou muitas horas por dia fique atenta. “Quando dormimos pouco ocorre uma palidez da pele e as olheiras se destacam. Já o excesso de sono, por outro lado, não agrava as olheiras, mas deixa as bolsas mais proeminentes, uma vez que a região fica mais inchada”, diz a médica.


O que fazer para tratá-las?

A boa notícia é que é possível sim diminui-las. Elas podem ser tratadas por meio de procedimentos médicos ou por meio da mudança
de hábitos.

O melhor é sempre corrigir o estilo de vida, quando possível. Menos estresse, sono equilibrado, alimentação saudável, mas, se nada disso adiantar, “uma solução imediata é colocar bolsas de gelo ou compressas de chá de camomila no local, pois isso causa um efeito imediato de fechamento dos vasos sanguíneos e diminuição da aparência das olheiras”, indica a dermatologista.


Como os seus hábitos de vida podem influenciar no aparecimento de olheiras

Exposição solar – o aumento da pigmentação pela melanina na região deixa as olheiras mais escuras;

Fumo – ele prejudica a oxigenação da região e danifica os vasos sanguíneos, o que aumenta as olheiras;

Alimentos com muito sal – eles aumentam as bolsas e o inchaço na região e isso exacerba as olheiras;

Álcool – além de aumentar as bolsas abaixo dos olhos, piora a oxigenação da região

Sono – dormir pouco pode evidenciar as olheiras, pois não permite a troca de oxigênio adequada e causa uma congestão dos vasos sanguíneos;

Uso de produtos irritantes nos olhos ou dormir de maquiagem – a irritação causada na pele da pálpebra, que é sensível, pode escurecer ainda mais a região.


Por Ana Carolina Cury | Folha Universal, Ano 22, Nº 1.194 | www.universal.org



Arquivado em | , , , .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):