| em 08 novembro 2015

Ejaculação Precoce - O apoio da parceira é fundamental!


Um em cada três homens tem Ejaculação Prematura, no entanto, ainda é grande a resistência masculina em procurar auxílio médico, o que pode afetar negativamente sua qualidade de vida e sua relação conjugal.

A causa exata da ejaculação precoce ainda é desconhecida, diversos autores a definem e a classificam de formas diferentes. Mas os médicos acreditam que fatores psicológicos e biológicos estejam envolvidos nos motivos que levam à ocorrência desse problema.

A ejaculação precoce ocorre quando um homem tem um orgasmo mais cedo do que o esperado durante a relação sexual. Se isso acontecer uma ou outra vez, não há motivo para preocupação. Mas se esse for um problema recorrente, é importante procurar um médico.

Todo homem deseja ter uma vida sexual plena, repleta de satisfação, tendo mais vigor e durando mais tempo na cama. Fazer sexo por mais alguns minutos sem ejacular pode significar deixar a sua amada louca de prazer e realizada como mulher. Neste caso, prolongar a intimidade do casal proporciona momentos marcantes para ambos.


A ejaculação precoce afeta o desempenho sexual de muitos homens. Em boa parte dos casos, gera insatisfação no relacionamento conjugal. Ela pode não ser um problema de saúde para você, mas provavelmente sabe muito bem o quanto ela está afetando a sua vida, tornando as coisas difíceis, não é mesmo?

Fato é que interfere negativamente na sua vida sexual, mas às vezes o problema da ejaculação prematura pode ser uma bomba-relógio em tempo real, pulsando entre você e sua parceira.

Causas

Alguns fatores psicológicos que parecem estar envolvidos na ejaculação precoce são:

* Disfunção erétil
* Ansiedade
* Problemas de relacionamento
* O uso de alguns medicamentos, como psicotrópicos, pode causar ejaculação precoce.

A principal causa da ejaculação precoce é a ansiedade. Embora parte dos indivíduos consiga controlá-la durante o ato sexual, a grande maioria dos ejaculadores precoces é ansiosa. O problema é que quanto mais repetidas forem essas ejaculações, mais ansiosos eles ficam, mais adrenalina produzem e mais rápido ejaculam. Em alguns casos, a ansiedade é tanta que acabam desenvolvendo algum tipo de disfunção erétil.

Nenhuma teoria sobre as causas orgânicas da ejaculação precoce foi comprovada. Sabe-se, porém, que algumas doenças neurológicas podem provocar o distúrbio.

A ejaculação precoce pode ser tratada, e nesses casos uma boa intimidade entre o casal pode ajudar muito neste momento tão difícil na vida do homem. Carinho, Compreensão e Dedicação da mulher é fundamental no tratamento. Se o ato sexual for encarado como mais uma troca de afeto e menos como uma corrida pelo orgasmo, as chances de melhorar o prazer aumentam. Mulheres competitivas e dominadoras, no entanto, tendem a agravar a situação.

Entre os tratamentos disponíveis, existem a terapia sexual, o uso de alguns medicamentos e psicoterapia. Para alguns casos, a combinação desses tratamentos pode funcionar melhor.

Terapia sexual

Neste caso, algumas medidas simples bastam, como masturbar-se uma ou duas horas antes da relação sexual para retardar a ereção durante o ato. Evitar a penetração por um tempo e a descoberta de novas fontes de prazer sexual também pode ser uma saída para tirar a pressão da penetração.

Técnica do aperto

A técnica do aperto consiste em estimular sexualmente o homem até que ele reconheça que está quase ejaculando. Nesse momento, aperta-se suavemente a parte final do pênis (onde a glande se encontra com o eixo) por vários segundos. Pare a estimulação sexual por cerca de 30 segundos e comece novamente. A pessoa ou o casal pode repetir esse padrão até que o homem queira ejacular. Na última vez, continue a estimulação até que o homem atinja finalmente o orgasmo.

Método "parar e começar"

O método "parar e começar" é praticamente idêntico à técnica do aperto. Esse método consiste em estimular sexualmente o homem até que ele sinta que está quase atingindo o orgasmo. Pare a estimulação por cerca de 30 segundos e comece novamente. Repita esse padrão até que o homem queira ejacular. Na última vez, continue a estimulação até que o homem atinja o orgasmo.

Antidepressivos podem ser úteis (inibidores seletivos de recaptação da serotonina), que aumentam a quantidade de serotonina no cérebro. O que se espera é que ele seja eficaz para baixar o nível de ansiedade e aprender a controlar a resposta ejaculatória. Nesse processo, é muito importante contar com a ajuda de uma parceira cooperativa. porque um de seus efeitos colaterais é prolongar o tempo necessário para chegar à ejaculação.

No entanto, esses medicamentos devem ser receitados por especialistas, como urologistas ou psiquiatras.

Você também pode fazer uso de pomada anestésica local no pênis para reduzir o estímulo. Existe hoje no mercado erótico produtos como Retardadores, (géis, óleos e cremes) que reduz a sensibilidade, auxilia no aumento das sensações de excitação, prolongando o prazer e adiando a ejaculação do homem.


Tenha um Relacionamento mais Saudável! - Aprenda 3 Passos Fundamentais para dar Fim a Ejaculação Precoce Em Sua Vida! - Método Simples, Fácil e Sem Efeitos Colaterais Negativos.


CONFIRA TAMBÉM: 25 Perguntas sobre ejaculação precoce



Arquivado em | , , .





Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):